sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

RAM - REAÇÕES ADVERSAS A MEDICAMENTOS

Bom dia. Já é tão tarde que para alguns pode ser bem cedo. São exatas 02 horas de 37 minutos da madrugada. Após 15 dias sem tomar o NZT retornei ontem com a medicação. E logicamente não consegui dormir um segundo que seja. Nos poucos minutos que descanso o corpo, sinto que meu cérebro não se desliga. Ou seja: mesmo dormindo, ainda estou acordado. Quer saber por que produzimos mais tomando tais medicamentos? É bem simples a resposta, ficamos muito mais tempo acordados e não sentimos qualquer necessidade que seja de dormir, ou de comer, nem de descansar. O dia realmente passa a ter 24 horas. Eu sempre fui louco para aprender a fazer uma coisa bem simples, utilizar dois monitores em um computador.

Durante quase 40 anos, 23 se desconsiderar os 17 anos de crescimento, pois nesta época, me lembro que digitava textos em máquinas de escrever e eu até consegui comprar a mais top de todas, uma máquina de escrever eletrônica por volta dos meus 17 anos de idade. Os melhores computadores nesta época, por volta de 1993 tinham 8 megas de memória Ram e HD de 512 MB, Modem de 14.400 bps256kB de vídeo.  O processador do meu primeiro computador, me lembro muito bem dele, era um Intel 486 DX2/66 com DOS 6.22/Win 3.1 e até pouco tempo o tinha guardado, até a esposa o colocar na caçamba, quando realizamos uma reforma na casa. Mas retornando ao assunto, meu maior sonho como programador, era ter dois monitores, operando juntos. Colocar uma janela em um deles, a do sistema funcionando e no outro, abrir seu código fonte. Uma tarefa muito simples, logicamente, tão simples que levei quase 40 anos para conseguir fazer isto. Já tinha pesquisado muito, comprado cabos para conectar dois monitores e tudo mais, sem qualquer resultado satisfatório que fosse. Mas hoje, é um pouquinho diferente, como informei, não tenho sono nem fadiga, nem cansaço físico ou mental. Logo, me questiono mais. Muito mais. Não acredito que tenha ficado mais esperto ou inteligente, longe disto. Mas algo em mim ficou melhor.


Foto real, tirada em minha mesa, no meu escritório, no qual em fim, consegui conectar dois monitores em série no mesmo computador. E ficou tão bom, que consigo passar uma janela de um monitor para o outro facilmente, apenas a arrastando com o mouse. 


Isto, aparentemente seria bem fácil de se fazer. Mas como informei, para mim pelo menos foi bem complicado e demorou muito. Como consigo acessar partes da minha memória que nem sabia que as tinha mais, hoje, 03 horas e 51 minutos da madrugada, pois já gravei um vídeo e fiz muitas outras coisas, preparando esta matéria, que será publicada ainda de madrugada, devido a total falta de sono após voltar a tomar o NZT, me recordo que sempre via algumas pessoas apertando duas teclas no teclado e abrindo o Windows Explorer do Computador. Eu tinha uma Lan House e um dia contratei um funcionário fera, estudante de Engenharia Mecatrônica na UFSJ, e ele fez isto. Logo não me segurei e o perguntei. Foi quando ele me disse que bastava segurar a tecla do Windows e apertar a letra "E" do teclado. Mas vamos ao que interessa, você pode até estar pensando que a imagem acima é uma montagem, mas acreditem, não é. E para provar isto, vamos diretamente à parte prática. Você, logicamente, vai precisar ter um notebook e um Monitor. 

Conecte o monitor ao seu notebook. Clique no botão Iniciar do seu Windows 10 e digite Resolução de Tela. Assim que a janela se abrir, localize o menu Vários Vídeos e escolha a opção Estender Estes Vídeos. Configure a resolução de tela apropriada para cada monitor, incluindo a do seu notebook que possivelmente será 1366x768. No meu caso, estou utilizando no Monitor 2 a resolução de 1920x1080 que facilita e muito, o trabalho de qualquer programador. Bom, eu sou da época deste processador:


AMD que era bem mais barato e acessível para quem se lembra. Também digitei muito e escrevi muitas e muitas páginas em máquinas de escrever, digitando em matrizes se é que alguém se lembra disto, pois Xerox se quer existia. Não vou afirmar que tenho saudade alguma desta época, por que definitivamente não tenho, e particularmente dizendo, não trocaria nunca, meus quase 40 anos pela juventude de meus 18 anos, pois isto, jamais o faria. 


Espero que tenham gostado deste post e que sirva, algum dia, como auxílio a qualquer outro que como eu, tinha dúvidas sobre como utilizar dois monitores de forma simultânea em um mesmo computador. E fica o meu alerta a você que deseja utilizar este medicamento. Você nunca mais irá dormir como antes, acredite nisto. E se não estiver disposto a enfrentar tais consequências, não chegue nem perto do NZT100